Olá pessoal, depois de muitos dias sem postar nada - muitas coisas da escola acumuladas fora o Enem - estou de volta, e com tudo! Este mês e nos próximos trarei muitas resenhas para vocês, claro a cada livro terminado.

Hoje trouxe a resenha de Por Lugares Incríveis da autora Jennifer Niven,  leitura do mês de outubro, e o que posso dizer? Adorei em todos os sentidos da palavra, é um livro que ficará guardado no meu coração por muitos anos, tenho certeza.




meu exemplar 💕



O livro conta a história de dois jovens prestes a cometer suicídio, mas que por acaso ou mesmo destino, encontram um no outro a vontade de viver. Primeiramente temos Theodore Finch um garoto que vive intensamente procurando diversas maneiras de cometer suicídio. Finch é um garoto perturbado, além de sofrer bullying no colégio não tem lá a melhor relação com seu pai. Já Violet Markey é uma jovem que não consegue superar o trágico acidente que matou sua irmã Eleanor, Violet  sente-se constantemente culpada por ter sobrevivido e ela não. 

Como disse anteriormente Finch vive pesquisando diversas maneiras de cometer suicídio, decide tentar uma delas no alto da torre do sino da escola, onde por coincidência - ou não - encontra-se com Violet. A garota, quando percebe o que está prestes a fazer fica apavorada, Finch a ajuda sair dali enquanto a tranquiliza. Os dois formam uma dupla em um trabalho de geografia, onde eles precisam conhecer lugares incríveis do estado onde moram. A cada passeio tornam-se mais próximos e passam a conhecer melhor um ao outro. Violet encontra em Finch uma alegria que a muito tempo não sentia. Finch sente-se muito bem com Violet, consegue ser ele mesmo com Ultravioleta, Finch é Finch, não há nada de aberração.


"Você me faz adorável, e é tão adorável ser adorado por aquela que adoro..."

Porque eu gostei tanto desse livro, eu sinceramente ainda não sei bem, mas... sabe quando algo te toma assim por completo? Te suga de uma maneira tão boa que nada parece ser tão interessante quanto passar seu tempo todinho ali? É assim que me sinto em relação a Por Lugares Incríves, Jennifer nos mostra um pouco como funciona a cabeça de pessoas como Finch e Violet, pessoas que sofrem tanto por dentro e que ás vezes não damos a miníma, que ás vezes machucamos de maneira covarde. Falando especificamente do Finch, coisas que para nós não nos afetam muito, para ele são horríveis, uma coisa que possa parecer pequena para gente, se torna o estopim de algo muito ruim a ele. Então para mim além de ser uma obra incrível, muito bem escrita, com humor e inteligência, é uma história de amor e dor, que nos mostra o quanto a vida é frágil e maravilhosa. Posso dizer claramente que sou apaixonada por Theodore Finch e Violet Markey e que esta história ficará para sempre em meu coração, como uma lembrança de infância, uma lembrança daquelas que você conta várias e várias vezes.



"Lembro de seu sorriso e sua risada quando eu estava no meu melhor, e de ela me olhar como se eu não pudesse fazer nada de errado e fosse completo. Lembro de ela me olhar desse jeito mesmo quando não estava no meu melhor."





Até a próxima :)




4 Comentários

  1. Amei o blog, já estou seguindo :*
    http://myliteraryparadise.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Hey Teph, amei a resenha. Gostaria de ler esse livro ano que vem....

    Te marquei em uma tag. Confere no link: http://aculpaedoslivros-42.blogspot.com.br/2015/12/tag-frases-de-mae.html

    Boas leituras e boas festas!!

    ResponderExcluir
  3. Eu li Por Lugares Incríveis recentemente e confesso que foi bem difícil transpor as palavras e passar o sentimento. É um livro incrível, tem diferentes ângulos.
    Maravilhoso.
    O Que Eu Ando Lendo

    ResponderExcluir